terça-feira, 6 de janeiro de 2009

Pilaf de Frango!


Descobri a pouco tempo que a forma de preparar essa receita dá-se o nome de Pilaf, até então pra mim era arroz vapt-vupt. Esse é um dos privilégios que temos em conviver nesse universo gastronômico, vivendo e aprendendo. Nesse caso aprendi com a Leila do Delishiville, quando vi a receita dela lembrei na hora do meu vapt-vupt, pra falar a verdade ele nem é tão meu assim, foi uma invenção do meu marido que deu mais que certo, ora faz eu ora faz ele. Esse da foto foi feito por mim já faz um tempinho, mas no último domingo quem fez foi o maridão. Não deu tempo de tirar a foto do que ele fez então vai essa mesmo.

Amor, estava uma delícia, obrigada pelo carinho!

Adoramos fazer esse prato, daqueles que é tudo num só, e dá-lhe pontos positivos; na praticidade, no sabor, e fora que sujamos somente uma panela. Sabe aquele dia que não sobrou tempo para pensar no que fazer para o almoço e ainda por cima fica sabendo que vai receber visitas de última hora, então, domingo passado foi bem assim. Glória a Deus pela vida do meu marido que rapidamente pega o frango aqui, linguiça ali e...vapt- vupt, digo, pilaf(rsss), estava pronto o almoço.

PILAF DE FRANGO

Ingredientes:
1 linguiça calabresa cortada em rodelas;
650 grs de pedaços de frango temperados;
4 dentes de alho amassados;
2 cebolas em pétalas;
1 colher de chá de açafrão da terra(cúrcuma);
2 tomates sem pele e sem sementes picados;
3 xícaras de arroz;
30o grs. de cenoura em cubos;
300 grs. de batatas em cubos;
250 grs. de vagem ou ervilha torta;
1 pimentão cortado em juliene(tiras);
Metade de um repolho de tamanho médio, cortado grosseiramente;
Sal q.b.;
Pimenta a gosto.
Água fervente o suficiente para o cozimento do arroz;
250 grs. de mussarella em cubos;
Salsinha picada.

  • Numa panela grande, fritar a calabresa e reservar;
  • Tirar o excesso de gordura e na mesma, estando bem quente, refogar os pedaços de frango;
  • Quando estiverem bem dourados, acrescentar a cebola, o açafrão, os tomates, o arroz , refogar mais um pouco até o arroz ficar transparente;
  • Agregar a cenoura, a batata, a vagem, o pimentão, o repolho, a calabresa reservada, verificar o sal, a pimenta, e despejar a água;
  • Aguardar o cozimento, assim que estiver pronto, numa travessa fazer camadas de pilaf e de mussarella e salpicar a salsinha.

"Não te mandei eu? Esforça-te e tem bom ânimo; não pasmes, nem te espantes, porque o Senhor, teu Deus, é contigo, por onde quer que andares." - Josué 1:9

10 Comments:

"Manjares da Manu" said...

Adorei esta receita muito prática e rápida!!!!

Bjs...

risonha said...

que receita boa... ideal para os dias em que não tenho muito tempo para estar na cozinha.

Luciana Macêdo said...

O Vapt Vupt ficou chique virou Pilaf...esse arrozinho é muito bom.
Bjs!

Cláudia said...

Viu? Nunca podemos menosprezar a nossa cozinha brasileira e criativa! Quem diria, hein, ganhou estrela de pilaf!!!

bjs

Naninha said...

Hummmm que lindo fica! E que bom um maridão que saiba cozinhar hein?!
Querida um feliz 2009 pra você e toda sua familia, que Deus os proteja.
Beijos

Eliana Scaramal said...

Amiga isso é insulto, quer me matar é?! rs Fiquei aqui babando!


A me diga uma coisa os pirulitos eu posso fazer com quantos dias de antecedência?! 3 ou mais ou menos?! hehehe Obrigada!

Mari Azevedo said...

Goreti minha querida, antes de mais nada quero te desejar um 2009 maravilhoso, repleto de bênçãos divinas, e que todos os seus sonhos se tornem realidade!!!
Um desbunde o teu pilaf, como tudo o que sai dessas mãozinhas de fada!!!
Adoro as comidinhas vapt-vupt, pois as vezes, a fome (especialmente a da filha rs) não espera um pratinho mais elaborado, e nem a correria do dia a dia permite, né? =D
Amei a apresentação do prato, ficou linda demais da conta.
Super beijo,

Mari

BETO said...

Goreti, você tem cada uma hein???? Passa pelo meu blog e diz que minha sobremesa dá água naboca. Aí eu venho aqui no seu e... que que é isso??? Esse pilaf (nem sabia que minhas gororobas tinham esse nome. rsrsrs) tá de matar. Esse queijinho derretido esticando, esse arroz todo colorido. Meu Deus, que vontade... Deu água na boca. Uma delícia mesmo. Beijão.

Cris said...
Este comentário foi removido pelo autor.
Cris said...

Ah gostei do nome!!! Agora vou dizer para meus filhos que temos pilaf em vez de arroz temperado. :-) Adorei, a sua receita é super completa... wow, quanta coisa boa, mata vários coelhos com uma panela só!!!